Minha lista de blogs

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O SEXO E O CÂNCER DE MAMA

                               
                                       Oi mocitas, assunto complicado esse de falar né?! rsrs
Mas vejo que a dúvida tem surgido na cabeça de muiiiitas amigas e leitoras, e as que tem mais intimidade ( e coragem kkk) perguntam na lata como fica a vida sexual.
 Então vamos lá ver o que posso contar né?! kkkkk
Gentem segundo pesquisas que li e reli aqui, 70% das mulheres tem problemas sexuais após a descoberta do câncer de mama, e que muitos parceiros sofrem de depressão!
Eu não sou perita no assunto vcs sabem, só há 3 meses estou na luta, mas posso esclarecer algumas coisitas heheheh (num é conto erótico kkkk).
É muito difícil pra uma mulher perder a mama, como já disse antes, os seios tem tudo haver com a conquista, o envolvimento da relação (oia as lingeries que turbinam e a gente paga horrores por elas kkk), peça indispensável ao sexo oral (dã, vcs todas sabem disso...até mesmo as que não teem vida sexual ainda...nem vem me fazer de boba ta? haha).
Gente é lógico que afeta o ritimo sexual de todo mundo, mas se vc arranca uma unha vai querer fazer algo com dor? Dente doendo? Ou dor de cabeça? (a mulherada sabe disso kkkk) então num pode ser normal vc querer transar que nem doido cheia de ponto ou com dor ne??? kkk.
Mas o segredo na verdade é a intimidade do casal pra tudo tô certa?
Num tem essa de ficar escondendo, mexe com a estima lóooogico, mas a naturalidade tem que fluir, vc pode esconder qualquer coisa de qualquer pessoa, mas do marido nem sonhando.
E isso é essencial, conversar, falar o que incomoda e o que está sentindo cada um.
 O casal ta dodói junto! Certo? Se num é assim, num é uma só carne, que nem Deus fala.  ( Mas que Deus dê paciencia aos maridos pq nós ficamos um saco tem hora né amigas??? kkkkk)
Então mudanças existem, lógico, é um tratamento dificil, mexe com o físico e estima, mas DIÁLOGO, INTIMIDADE  E AMOR é a palavra chave!!!
É bom que um psicólogo esteja do lado (bendita a minha psicóloga haha) pra ajudar o casal a superar as mudanças e entender que é só uma fase.
 Agora o poder de saber que pra tudo tem um jeitinho é do casal...hahah, somos brasileiros ou não somos?!hauhiahia
E bendito meu maridão, paciente, parceiro e meu amigo/amante mais intimo do mundo! Que sofre e ri comigo.
O corpo pode tá um pouquiiiinho diferente...mas o nosso amor é o mesmo!
Juntos descobrimos,juntos visualizamos um novo corpo, juntos estamos vencendo as barreiras e juntos vamos nos curar!
E isso é amor, e quando há amor, não há barreiras pra nada! Muito menos pro sexo! hehe
Um beijo enorme.

9 comentários:

Tami Fonseca disse...

Amei seu post,você é uma mulher incrível,sou sua fã viu.
Ótimo fds.
Bjinhuxx super carinhosos.

♥ TAMI ♥

Tami Fonseca disse...

Amei seu post,você é uma mulher incrível,sou sua fã viu.
Ótimo fds.
Bjinhuxx super carinhosos.

♥ TAMI ♥

Viviane disse...

Oi Irleyse,
realmente é um tópico complicado, não tem como não afetar e gostei da maneira com que se posicionou, é uma questão que o casal vai se entender com diálogo e muito amor!

Ah! Estou um pouco atrapalhada de tempo, mas depois te escrevo contando mais novidades.
Beijos!!!

Danny e Vinny disse...

Cada dia que passa eu admiro mais você.
Adorei a naturalidade em falar do assunto sexo.
Realmente muitas pessoas ficam imaginando mais não tem coragem de perguntar.. e vc vem e fala com tanto carinho no assunto que agente só tem á te elogiar.
Que Deus continue te dando força e paz.
Um beijo

Kit e seu diário disse...

Oi flor!
Você arrasou na explicação e dicas pra mulheres tirarem o "grilo" da cabeça.

Beijo Ipabirano!

Bibia Bueno disse...

Ih, tantas coisas complicam o sexo... De dor, bem entendo. Se não aprendemos a lidar com a situação e desligar, é difícil. Lidas com meus peitos pós parto e amamentação também foi difícil. Tudo que muda, é difícil e afeta a vida sexual. E a vida, meu bem, muda. Seja na dor de um problema de saúde, num problema emocional... qualquer coisa. Fora isso, envelhecemos a cada dia. E lidar com a auto estima nunca é fácil. A doença deve dificultar. Ainda mais essa que envolve diretamente a mama, tão ligada à sexualidade. Nessas horas que a intimidade vale ouro! Vejo casais que não são íntimos e não imagino como lidariam com problemas como esse que você está passando, se até mesmo com o meu problema é difícil e outro marido já teria picado a mula, certamente. Mas não o meu... :)

Beijos!! E tudo de bom sempre.

Deusa disse...

Ai...ai...gostei da parte de SOMOS BRASILEIROS...ooo mulher picante...kkkkkk.
O amor e tudo,tudo em qualquer hora e momento na vida do casal.Quando existe amor,cada coisinha que acontece so une mais ainda o casal,os dois sofrem,os dois choram,os dois riem.Claro que não somos um so,cada um tem sua individualidade,mas so ate ver o outro sofrendo,ai sim...os dois se tornam um só.
Bjs
Deusa

Pri Araujo disse...

Adorei seu post!!! Parabéns pela iniciativa de expor estes assuntos!!! to contigo e não abro!!! tb adorei a parte do somos brasileiros, afinal damos jeito pra tudo né? bjocaassssss

Welize Archas disse...

Amei...e chorei...
Não deve ser fácil mesmo..nada fácil..
Linda sua mensagem de amor..fé e companheirismo...

bjs